Acontece:
Translate:


18/07/2012 - 18h50min

Metodista Nelson Mandela completa 94 anos



fonte: Metodistas Online




Untitled document

 

 

O metodista, ícone da luta contra o apartheid e ex-presidente da África do Sul, Nelson Mandela, completou 94 anos nesta quarta-feira ao lado de familiares em sua residência de Qunue. O prêmio Nobel da Paz de 1993 recebeu inúmeras mensagens de carinho por parte de sul-africanos, além de felicitações de líderes internacionais, como o presidente dos Estados Unidos, Barack Obama.

 Nelson Mandela nasceu em 18 de julho de 1918 em Mvezo, no Transkei um dos estados da África do Sul, banhado pelo Oceano Índico. A região era agro-pastoril e sobre a infância Mandela gostava de dizer: “sou do tempo que a criança era educada pelo método de sentar, aquietar-se e apenas ouvir as conversas dos mais velhos (...)”.

O pai de Nelson Mandela, Henry Gadla, tinha quatro esposas e treze filhos. Ele era descendente de Thembu, chefe de um clã dos Xhosas, um dos muitos povos locais da África do Sul. A formação de Mandela, dentro dos valores de respeito às tradições e autoridades fez com que ele adquirisse os hábitos de nobreza, educação formal e, acima de tudo, de profundo entendimento da “alma” sul-africana.

 Nelson Mandela era o filho da terceira esposa, Noqaphi Nosekeni. Era uma das treze crianças e tinha três irmãos mais velhos. A mãe de Mandela era uma metodista, e Nelson seguindo seus passos estudou numa escola Missionária Metodista. A educação de Mandela era permeada de formação cristã por influência de sua mãe. Foi batizado na Igreja Metodista e quando tinha doze anos, seu pai morreu.

 Em 1986, o Bispo metodista Lawi Imathiu, do Kênia, tornou-se o primeiro africano a estar a frente do Movimento Mundial Metodista. Na Conferência Mundial Metodista em Nairobi, o Concílio Mundial Metodista clamou pelo fim do Apartheid e pelos grilhões que escravizavam o povo na África do Sul.

 Autorizado pelo Concílio Mundial, Lawi Imathiu liderou a delegação na visita ao Presidente Botha na África do Sul. De um africano para outro, Imathiu abertamente clamou ao Presidente Botha para que libertasse Nelson Mandela da prisão e removesse as algemas do povo. Com imensa habilidade, equilíbrio, graça, coragem e força, ele criativamente apresentou um claro desafio e solicitação ao Presidente Botha: "deixa meu povo ir". Uma segunda delegação do Concílio Mundial Metodista encontrou-se com o Presidente de Klerk oferecendo novamente o desafio consistente e a solicitação para libertar Mandela, um metodista, e pela República da África do Sul, para que extinguisse o sistema opressor do Apartheid.

  O impacto de todo o Movimento Mundial Metodista, liderado pelo corajoso Imathiu estava entre as vozes que contribuíram para a mudança e reconciliação da África. Isso foi dramaticamente demonstrado em fevereiro de 1990 com a libertação de Mandela e o movimento pela paz, justiça, democracia e reconciliação para todo o povo da África do Sul.

 No dia 27 de abril de 1994, aconteceram as primeiras eleições gerais multirraciais. O CNA obteve 58% dos votos, elegendo Mandela, o primeiro presidente negro da Republica Sul-Africana.

 

 

 


Comentários


Deixe aqui seu comentário


Nome:  
E-mail:  
Comentário:  
0/300
Por favor, repita os caracteres
ao lado, utilizando apenas letras
minúsculas.
(não existem caracteres numéricos):






AVANTE - Leia On-line

Jornal Avante
O Jornal Avante e a Revista Fé & Nexo são publicações da Igreja Metodista na 1ª Região Eclesiástica (Rio de Janeiro) e têm por finalidade a evangelização e a edificação.

Busca de Conteúdos no Portal

Encontre
Igrejas e Pastores

Pesquise também:

Versículo do Dia

Pois a vida é mais do que o alimento, e o corpo mais do que o vestuário.


LUCAS 12.23

Boletim Eletrônico
Informe seu nome e e-mail para receber nosso boletim eletrônico.
Nome:
E-mail:
1ª Região Eclesiástica - Rua Marquês de Abrantes, 55 - Flamengo - Rio de Janeiro - RJ - Cep 22230-061 - Fone: 21 2557.3542
Desenvolvido por: